Posts by Douglas Medina

9 dicas para se destacar e atrair novos clientes na busca do Google

Muitos consumidores, na hora de procurar informações sobre algum produto ou serviço pelos quais possuam interesse, usam sites de busca. Dentre os buscadores da atualidade, o que mais se destaca pelo volume de uso e qualidade dos resultados é o Google. Por isso, aparecer com destaque em seus resultados é algo muito visado pelas empresas.

Pensando nisso, trouxemos um artigo com 9 dicas de como fazer o sua empresa aparecer melhor no Google e atrair clientes!

1. Coloque sua empresa no mapa

Há uma ferramenta que você pode usar para aparecer com mais facilidade nas buscas, o Google Meu Negócio. Ele permite que sua empresa faça um cadastro com dados como endereço, horários de funcionamento e contatos, além de usufruir de alguns benefícios.

Google Meu Negócio cria para sua empresa uma página no Google+, coloca sua localização no Google Maps e permite que sua organização apareça nos resultados das buscas em destaque.

Isso relaciona o seu negócio à sua localidade, ajudando nas buscas locais. Dessa forma, você aparecerá mais facilmente em pesquisas de pessoas que se encontram na sua região de atuação.

2. Utilize links patrocinados

O Google Ads é o serviço de links patrocinados do site de busca mais utilizado do mundo. Investir nele permite que o site da sua empresa apareça na primeira página dos resultados de forma rápida e simples.

Além disso, existem outras vantagens de investir na ferramenta, como a possibilidade de segmentação por palavra-chave, ou seja, ao selecionar as palavras adequadas, você atrairá o público que realmente interessa!

E o serviço não é caro, pois o sistema de pagamento é o CPC, ou Custo Por Clique. Assim, você só pagará pelos cliques que, de fato, receber, otimizando recursos e aumentando a garantia de resultados.

Saiba como anunciar no Google

3. Capriche no SEO

O SEO, ou Search Engine Optimization, consiste em reunir características valorizadas pelo Google para fazer com que seu site se destaque nos resultados.

Ao aplicar as estratégias de SEO em seu site, você utilizarará palavras-chave, links amigáveis, além de outras medidas que vão deixá-lo preparado para aparecer bem nas buscas orgânicas — aqueles resultados que aparecem naturalmente para o internauta, sem que a empresa tenha pagado por isso.

E levando em conta que quase ninguém acessa os resultados que ficam mais para baixo ou fora da primeira página, uma estratégia como essa é valiosíssima para seu negócio.

As otimizações incluem a utilização das palavras-chave mais importantes em cada página sobre o assunto, incluindo nas imagens (inserindo um Alt Text), títulos, Meta Descriptions (aquele resumo que aparece nos resultados do Google) e URL’s.

4. Invista na produção de bons conteúdos

Um ponto que é muito valorizado pelo Google são os conteúdos. Sites que possuem bons materias mantêm os visitantes neles por mais tempo e o buscador está de olho nisso ao avaliar a reputação de um domínio. Se você produz textos que realmente interessam ao público e que são autorais, seu posicionamento nos resultados será melhor.

Porém, se o consumidor entra no site e logo sai, isso colabora para que o endereço tenha um pior desempenho nas buscas. Portanto, cuidado com palavras-chave que nada tenham a ver com o conteúdo da página e não copie textos de outros sites!

5. Adquira links de qualidade (link building)

A prática de link building, ou seja, construção de links para um website, é importantíssima porque o Google entende que quanto mais sites apontarem para o seu, maior é a sua autoridade acerca de determinado assunto. Porém, nem toda indicação é igual: sites maiores e mais confiáveis, de empresas como a Forbes e Exame, por exemplo, têm um valor muito maior do que blogs comuns e gratuitos.

Além disso, de modo ideal, os links devem conter um texto âncora referente ao assunto, vir de sites que atuem no mesmo nicho e ter características naturais, ou seja, não devem ser comprados. Se isso não acontecer, o Google pode entender que você está fazendo Spam ou tentando enganar o seu usuário e pode penalizar algumas páginas que, possivelmente, perderão posições no resultado do buscador.

Porém, essa é uma estratégia que pode ser um pouco complicada, já que não é fácil encontrar empresas e blogueiros que estejam dispostos a indicar o seu site por pura vontade. Se você quiser pagar por um link, será um simples ato de publicidade e isso não é proibido. Mas certifique-se de que os links tenham o NoFollow, um atributo que, basicamente, informa ao Google a natureza da indicação e previne punições.

Uma boa prática de link building são os Guest Posts. Isso porque ela ajuda a criar e reforçar parcerias, além de levar resultados mais interessantes para ambos os negócios participantes. Saiba mais sobre essa estratégia na dica abaixo!

6. Utilize o Search Console

Search Console, antigo Webmasters Tools, auxilia no monitoramento e na manutenção da presença do site nos resultados da Pesquisa Google.

Ele ajuda a verificar as páginas indexadas, otimizar o desempenho no buscador, enviar ou atualizar sites e conteúdos com mais rapidez, enviando um sitemap, e conferir a existência de links com potenciais de spam apontando para o seu website.

Além disso, contribui com bons insights para SEO sobre quais palavras-chave usar e como otimizar as Meta Descriptions para aumentar a quantidade de acessos.

7. Conecte o site às redes sociais

Os sinais sociais, ou seja, os compartilhamentos de conteúdo nas redes sociais, também é um dos fatores de rankeamento do Google. Por isso, ter uma boa página no Facebook, Google Plus, Twitter e Instagram é importantíssimo. Além de gerar tráfego, passa credibilidade e autoridade para o site.

Para facilitar, adicione os botões de compartilhamento aos artigos do seu blog. E para ganhar seguidores/fãs, inclua links de suas redes sociais no rodapé do site e facilite ao público-alvo se engajar com a sua empresa.

8. Tenha um layout responsivo

Com o avanço das tecnologias mobile e o uso crescente dos dispositivos móveis para a realização de pesquisas na internet, o Google tem dado prioridade a sites que tenham um layout responsivo. Ou seja, que se adaptem às diferentes telas de laptops, tablets e smartphones. Por isso, invista na experiência do usuário e responsividade, caso ainda não tenha feito isso.

9. Proteja os dados dos usuários

segurança é outro aspecto importante e é um dos fatores de ranqueamento no Google. Para verificar isso, o buscador analisa se as suas páginas estão protegidas com um certificado SSL (aquele que altera o http para https). Aqui na Boldman os certificados digitais para sites são gratuitos. Pra solicitar é só clicar aqui.

Ele criptografa as informações inseridas pelos usuários e oferecem mais proteção à navegação e o uso de dados. Aliás, o próprio Chrome, navegador oficial da empresa, avisa ao usuário que um site não é seguro, se ele não tem esse certificado instalado, o que pode ser negativo para as suas conversões de funil.

 

E aí, entendeu direitinho como fazer uma empresa aparecer no Google? Ser encontrado de forma orgânica é o ideal para qualquer organização, pois traz maior retorno sobre os investimentos.

O primeiro passo para colocar essas estratégias em prática é ter um bom site! Se precisar criar um site um melhorar o da sua empresa nós podemos te ajudar.

 

Vamos conversar?

OU entre em contato por email:



 

Atraia visitantes e venda mais: 3 formas infalíveis para iniciar a trajetória do cliente até a venda

Ah, você quer vender mais? Tem muita gente vendendo formulas que prometem jogar os seus resultados acima da exosfera e a sua empresa vai dominar o mercado. Mas infelizmente não existe mágica que atraia visitantes e faça com que comprem o seu produto ou contrate o seu serviço.

Existe, sim, algumas técnica, e aqui vamos falar de três delas, que aumentam a exposição da sua empresa. Na verdade vamos falar das principais técnicas baseadas em conteúdo para despertar o interesse de forma orgânica e (que o leitor use de discercimento) sem custo. Por “sem custo” entende-se que não envolve diretamente investimento em campanhas.

 

Aumentar o número de visitantes ajuda a vender mais?

Fazendo uma análise rápida, quanto mais visitantes, mais pessoas conhecendo o produto e por consequencia mais possíveis interessados. O visitante pode conhecer o produto e comprar num primeiro momento, sim, mas é importante criar uma estratégia mais completa. Esta é apenas a primeira etapa da trajetória do seu cliente até que ele compre o seu produto.

Então, vamos às principais formas orgânicas de aumentar o tráfego de uma página:

 

1. Redes sociais

Facebook

Por trás de toda a beleza, fotos de gatinhos, viagens que os seus amigos não te convidaram e venda de dados pessoais se encontra uma ferramenta que pode ajudar a acelerar o seu negócio.

Facebook é a rede social mais utilizada no Brasil, e se o seu mercado é B2C (ou mesmo B2B) existe uma grande possibilidade de o seu público estar lá. Por isso, vender no Facebook pode ser uma boa idéia. Mas para vender mais, é importante aparecer para engajar público.

Para aparecer no Facebook é importante ter uma página profissional e gerar conteúdo relevante (jura?), mas precisa ser relevante o suficiente pra motivar os seus seguidores a compartilhar as suas postagens. Essa é a principal (se não for a única) forma de aumentar o seu público nas redes sociais, focando em engajamento.

O Facebook ainda é utilizado para gerar vendas diretamente, anunciando os produtos, atendendo por comentários e concretizando venda no Messenger.

É errado? De forma alguma. É produtivo? Talvez. É prático? Não.

Embora o seja uma rede social que gere muita interação, crie oportunidades de venda e muitas delas se concretizem, existem formas mais práticas de vender na internet, usando um ecommerce, por exemplo.

Mas com a ferramenta certa e o potencial de viralização e engajamento do Facebook, os seus resultados podem chegar e num outro nível.

Vale a pena ter uma loja virtual?

Instagram

Instagram é onde todo mundo gosta de mostrar a sua vida e o público costuma ser ligeiramente mais seleto em comparação com Facebook. Existe a possibilidade de criar um perfil empresarial com botões de contato e algumas estatísticas e dados ❤ de público.

Dados são a coisa mais valiosa que um negócio pode ter, então use pra direcionar as suas decisões e descobrir como atrair mais visitantes. Redes sociais como o Instagram e Facebook são ótimas plataformas pra levantar dados, conhecer o seu público e gerar engajamento.

É importante que você saiba que as vezes redes sociais diferentes tem públicos diferentes, mesmo quando são “irmãs” como Instagram e Facebook. Por isso escolha quais mídias vão atrair o público correto e direcione conteúdo personalizado, se for necessário.

Uma ferramenta muito útil no Instagram e que pode gerar muito engajamento é o Instagram Stories. Funciona de forma semelhante ao (finado) Snapchat: uma foto ou vídeo disponível por 24h que será destacada no seu perfil.

Além disso é possível fazer transmissões ao vivo e os seus seguidores poderão receber uma notificação push quando sua live iniciar. Este é outro recurso muito poderoso pra engajar seguidores.

Ainda falando de Stories, é possível fazer enquetes, mostrar os seus produtos, usar tags de geolocalização e, claro, anúncios. O importante é entender o que desperta o interesse no seu público e usar isso para direcionar para o seu site ou loja virtual, usando call-to-action, por exemplo. Apenas seja criativo.

 

Linkedin

Linkedin é uma rede de negócios, então pode ser um ótimo lugar pra você vender para outras empresas e fortalecer o seu networking.

Por isso é importante criar conexões com pessoas importantes no seu mercado, fortalecer relacionamentos e gerar conteúdo que chame atenção dos seus prospects. Siga potenciais clientes e lembre de levar informações relevantes sobre a sua marca e o seu produto. Isso pode criar uma atração de forma natural.

O Linkedin mostra o momento exato da atualização e assim é mais fácil identificar os horários que os seus contatos estão disponíveis e consequentemente o melhor momento para postar e levar o seu conteúdo para eles.

Além disso existem outras ferramentas de prospecção e qualificação de leads, que poderão impactar bastante nas suas vendas. Vale dar uma olhada.

 

Youtube

O queridinho da galera também pode ser uma forma de aumentar o seu tráfego, mas o seu conteúdo é ligeiramente diferente. Apesar de ser possível usar texto nas descrições e títulos (que podem ser boa armas, por sinal), o foco do Youtube é conteúdo em vídeo. Ou seja, não vale postar vídeo de gatinho e esperar ter retorno. Aqui vale a mesma estratégia dos outros meios: conteúdo relevante e que agrega para o seu público.

Por ser uma rede social do Google, o algoritmo pode funcionar de forma semelhante às buscas do Google e prioriza a experiência e a relevância desse conteúdo. Vídeos que são assistidos até o final, que título condiz com o conteúdo e utilizam as palavras-chave corretas tem mais possibilidade de ser encontrados.

Um contra da rede social é que gravar vídeos de qualidade pode ser caro e exige uma estrutura maior, mas se você consegue criar e manter essa estrutura, criando conteúdo regularmente, pode ser uma ótima (e talvez a melhor) estratégia para ganhar público. Não use isso como empecilho para utilizar a rede! Seja criativo e faça o melhor com os seus recursos. Um bom exemplo disso é o Whindersson Nunes, que grava com o próprio celular, com uma estrutura relativamente pequena e é um dos mais famosos do país. Um belo case.

 

2. Blog

Exatamente, escreva. Mas escreva sobre o que interessa a sua persona, isso é o mais importante. Crie conteúdo que agregue valor e desperte o interesse do seu público. Nesse momento é importante saber exatamente quem é, o que quer e como o seu público se alimenta (de conteúdo, claro).

Entender o seu público é o primeiro passo para saber o que produzir de conteúdo, qual a linguagem e tom de voz utilizar e como fazer o conteúdo chegar até ele.

Vale a pena investir em ferramentas, estudos e esforços para isso.

Como criar um blog?

3. SEO

Boa parte dos bons conteúdos da internet passa pelo Google, se não todo. Mas se não está bem posicionado se torna mais difícil de ser achado e se não é achado… não será visto.

As técnicas de SEO existem para que isso não aconteça e o seu conteúdo seja encontrado no momento em que as pessoas estão procurando por ele. Para isso podemos seguir as diretrizes que o Google nos dá para operar na ferramenta.

Algumas vezes são medidas mais técnicas, mas hoje em dia se encontra muito material bom sobre isso. Se preferir nós podemos fazer isso, mas é importante que seja feito. Essa otimização ajuda muito no posicionamento do seu site.

 

Conclusão

Crescer envolve trabalho, mas acima de tudo são as técnicas mais humanas que trazem maior resultado. Nada mais humano que despertar interesse, ler sobre o que nos importa e comprar produtos e serviços de empresas que se relacionam com a gente.

Se ficar atento ao comportamento do seu público é possível prever as suas ações, quais conteúdos despertam mais interesse e entregar o que o usuário quer.

Gostou do artigo? Comente o que achou e compartilhe nas redes sociais 😉

And we know what you do, don’t we Charlie? You fuck people out of money and get away with it.

Fevr – Responsive Multi-Purpose WordPress Theme

http://fevr.luvthemes.com/promo

In the casino, the cardinal rule is to keep them playing and to keep them coming back. The longer they play, the more they lose, and in the end, we get it all.

Ace Rothstein

Gallery Post Format

Nunc semper sodales ex, nec molestie mi eleifend non. Vestibulum congue, justo non commodo cursus, nibh mi venenatis sapien, et hendrerit turpis erat ac enim. Cras accumsan metus et urna porttitor egestas in a nunc. Donec sed metus vel eros tincidunt porta ac vitae libero. Quisque cursus non felis eu ullamcorper. Morbi a pellentesque mi.

Maecenas at elit porta, convallis nisl nec, finibus libero. Aliquam at massa dolor. Sed venenatis ornare cursus. Aliquam id aliquet leo. Curabitur metus ligula, tristique id ante id, tempor accumsan lorem. In iaculis tempor accumsan. Duis maximus blandit eros sed feugiat. Fusce egestas interdum tristique. Sed placerat velit quis ipsum sagittis, non egestas purus scelerisque. Integer a magna non ipsum iaculis elementum. Nullam ullamcorper justo velit, et sollicitudin sapien rutrum sit amet. Suspendisse ac condimentum nisl, sed imperdiet nulla. Vivamus volutpat vestibulum augue, vitae tristique ipsum convallis ut.

Integer bibendum magna luctus dolor semper auctor non et mauris. Aenean purus magna, luctus et blandit a, mattis non orci. In hendrerit risus at risus posuere luctus. In hac habitasse platea dictumst. Sed sit amet auctor eros. Integer at condimentum urna.

Fusce egestas interdum tristique. Sed placerat velit quis ipsum sagittis, non egestas purus scelerisque. Integer a magna non ipsum iaculis elementum. Nullam ullamcorper justo velit, et sollicitudin sapien rutrum sit amet. Suspendisse ac condimentum nisl, sed imperdiet nulla. Vivamus volutpat vestibulum augue, vitae tristique ipsum convallis ut.

Praesent volutpat risus justo, blandit eleifend odio pulvinar id. Sed purus tortor, vestibulum ut porttitor ut, tristique et orci. In hac habitasse platea dictumst. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Aliquam eget ligula sit amet lacus laoreet aliquam eu id enim. Mauris ultricies blandit commodo.